CLIPPING ELETRÔNICO – AASP

Um dos motivos para o adiamento é que o julgamento dos últimos recursos do processo do mensalão não deve ser concluído hoje e continuará na semana que vem. Além disso, pelo menos dois ministros ouvidos pela Folha disseram que a pressão dos bancos é um dos motivos para o adiamento. A análise do índice de correção das cadernetas de poupança devido aos planos econômicos foi iniciada em novembro do ano passado.

viaCLIPPING ELETRÔNICO – AASP.

viaCLIPPING ELETRÔNICO – AASP.

Anúncios

Há mais fumaça do que fogo nos planos econômicos, diz Credit Suisse – Migalhas Quentes

O Credit Suisse divulgou na última semana o relatório “Economic plans: In reality more smoke than fire”, produzido com base em laudo elaborado pelo escritório de advocacia MHM. No texto, o banco mundial elenca cinco motivos pelos quais não faz sentido o possível impacto negativo de 150 bilhões que as instituições financeiras teriam caso o STF dê uma decisão favorável aos poupadores no julgamento dos planos econômicos.

viaHá mais fumaça do que fogo nos planos econômicos, diz Credit Suisse – Migalhas Quentes.

viaHá mais fumaça do que fogo nos planos econômicos, diz Credit Suisse – Migalhas Quentes.

ConJur – Luiz Pereira: É falso discurso dos bancos no debate sobre planos econômicos

Credit Suisse passou aos investidores foi clara: o impacto do julgamento, seja qual for o resultado, não deve interferir na boa perspectiva da cotação das ações dos bancos na Bolsa de Valores.O estudo, aliás, recomenda explicitamente a compra de ações de bancos, mesmo considerando provável a vitória da tese dos poupadores. E o mercado, é certo, seria implacável com eventual erro de avaliação do Credit Suisse.

viaConJur – Luiz Pereira: É falso discurso dos bancos no debate sobre planos econômicos.

viaConJur – Luiz Pereira: É falso discurso dos bancos no debate sobre planos econômicos.

“[há] mais fumaça do que fogo” – Credit Suisse estima perdas dos bancos em até R$ 26,5 bi | Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

Às vésperas do evento, o Credit Suisse aponta em relatório que o impacto potencial de uma decisão favorável aos poupadores deve ficar bem abaixo dos R$ 150 bilhões divulgados pelo Banco Central. Pelas contas do banco, o efeito seria entre R$ 8 bilhões e R$ 26,5 bilhões. “Na realidade, [há] mais fumaça do que fogo”, diz o relatório. Outras casas de análise também começam a revisar as potenciais perdas para os bancos, segundo o Valor apurou

viaNotícia do Consumidor – Credit Suisse estima perdas dos bancos em até R$ 26,5 bi | Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

viaNotícia do Consumidor – Credit Suisse estima perdas dos bancos em até R$ 26,5 bi | Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

ConJur – STF garante vantagens do Plano Verão para todos os servidores da UnB

Se o direito ao ressarcimento já foi garantido ao salário dos servidores, na atualização da conta do FGTS e se há décadas o STF já deu ganho de causa e inúmeros poupadores (Plano Bresser e Verão) e considerando que NÃO HÁ NENHUMA TESE JURÍDICA NOVA, retirar o direito dos poupadores no julgamento que está por vir será uma “virada de mesa” inacreditável e o fim da igualdade de todos perante o Poder Judiciário. Leia o resto deste post

Petition | EU CONFIO NO STF | Change.org

OS BANCOS LUCRAM MUITO NO BRASIL ÀS NOSSAS CUSTAS E NÃO PERDOAM NOSSAS DÍVIDAS: É HORA DE PAGAR O QUE NOS DEVEM!

viaPetition | EU CONFIO NO STF | Change.org.

viaPetition | EU CONFIO NO STF | Change.org.

Veja quanto ganhar com ação de revisão da poupança – Berthe e Montemurro Advogados Associados

Os especialistas ressaltam que os valores exatos que poderão ser recuperados variam muito, dependendo do aniversário da poupança e do entendimento da Justiça sobre as perdas acumuladas em outros planos.

Os juros do contrato e os juros pela espera também variam e podem chegar a quase 200%.

viaVeja quanto ganhar com ação de revisão da poupança – Berthe e Montemurro Advogados Associados.

viaVeja quanto ganhar com ação de revisão da poupança – Berthe e Montemurro Advogados Associados.

Notícias STF :: STF – Supremo Tribunal Federal

O julgamento relativo a planos econômicos implementados entre os anos 1980 e 1990 será retomado pelo Supremo Tribunal Federal STF nos dias 26 e 27 deste mês. Iniciado em novembro do ano passado, quando foram apresentados os relatórios e realizadas as sustentações das partes e dos amici curiae envolvidos nos cinco processos em pauta, o julgamento foi suspenso para voltar à pauta no início deste ano.

viaNotícias STF :: STF – Supremo Tribunal Federal.

viaNotícias STF :: STF – Supremo Tribunal Federal.

Opinião do Advogado Danilo Montemurro sobre o julgamento dos Planos Econômicos junto ao STF

O Advogado Danilo Montemurro pronuncia-se a respeito do início do julgamento dos Planos Econômicos no STF, fala sobre as sustentações orais das partes, expõe sua opinião e, ao final, divulga alguns dos melhores momentos deste início de julgamento

via▶ Pronunciamento do advogado Danilo Montemurro – Julgamento STF – YouTube.

 

Opinião Alexandre Berthe sobre o 1º dia de julgamento dos Planos Econômicos junto ao STF.

justiça 7O que parecia ser um julgamento morno, foi aquecido pela brilhante atuação do advogado Luiz Fernando Pereira, representando os poupadores, que apresentou dados e informações técnicas até então apenas alegadas, suas falam repercutiram favoravelmente e causaram interesses nos Ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: